Notícias


Publicado em:
28
11/2018

Dicas para preparar seu site e aproveitar as oportunidades de fim de ano

Especialista alerta que bom desempenho, processo de compra funcional e oferta de bônus podem aumentar as vendas na época do Natal.



Metatags: Comércio Eletrônico, GoDaddy Brasil, Vendas, Natal, Site

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) estima um faturamento de R$ 69 bilhões para o comércio eletrônico neste ano. Com a proximidade do Natal, uma das datas comerciais mais importantes para o varejo, é importante melhorar o desempenho dos canais eletrônicos para impulsionar as vendas.
Valéria Molina, diretora de Marketing da GoDaddy no Brasil, maior plataforma de nuvem do mundo dedicada a empreendimentos pequenos e independentes, dá uma série de dicas para alcançar esse objetivo:

É hora de verificar se o desempenho do seu site é bom
Se os seus produtos são bons, muito provavelmente você terá um tráfego pesado em seu site. Portanto, é essencial verificar o desempenho dele antes do fim de ano para se certificar que você pode lidar com tráfego intenso de usuário. Além disso, teste se a sua loja carrega rápido para que não haja risco de os clientes se frustrarem com a lentidão e partirem para outra loja.

Certifique-se que todo o processo de compra funciona
As pessoas adoram fazer compras on-line e escolher diferentes gamas de produtos. Seja por causa da falta de interesse ou por problemas na página de saída, altas taxas de abandono do carrinho são um verdadeiro problema. O que você pode fazer é se assegurar que o processo de saída do seu site seja simples e funcione.

Para isso, considere a implementação de uma saída de uma página, reduzindo os passos necessários para comprar um produto, ou mesmo adicionando uma barra de progresso para mostrar aos clientes quantos passos faltam para finalizar a compra. Meios alternativos de pagamento como PayPal e outros podem alcançar um nicho de clientes que não usam métodos tradicionais.

Estoque
Quando o fim de ano chega, é importante analisar seu estoque e se certificar que os produtos mais populares existem em quantidade suficiente. Isso porque é provável que haverá aumento no volume de compras e seria lamentável perder oportunidades por mau dimensionamento. Você também pode agrupar produtos em sua página inicial e criar uma categoria especial para promovê-los em mídias sociais.

Ofereça aos seus clientes alguns bônus
Além de ótimos produtos e bom serviço, é bom considerar alguns incentivos aos compradores, como um produto grátis após terem gastado um determinado valor ou um desconto por comprar de uma determinada categoria. Você também pode acrescentar cartões-presentes para contemplar os compradores. Quando se fala de transporte, é necessário saber quais as datas exatas mais próximas que as encomendas podem ser entregues para não frustrar os clientes.

Reveja as suas políticas
Por fim, mas não menos importante, não fará mal rever suas políticas de envio e de devolução e atualizá-las. Fazendo isso, você evita compradores insatisfeitos e potenciais resenhas negativas, além de ter uma visão melhor em relação aos seus provedores de transporte e a possibilidade de fazer quaisquer mudanças necessárias.

Fonte: Assessoria de Imprensa


Últimas notícias

Serasa Experian alerta que 40% dos sites brasileiros não estão seguros

Criminosos aproveitam a data para roubar dados e realizar fraudes. Serasa lista dicas para os lojistas estarem atentos ao assunto.
Leia Mais

Revestimento para piscina: qual utilizar?

Dos mais requintados aos mais simples, os revestimentos estão disponíveis para todos os gostos e bolsos.
Leia Mais

Consumidores recorrem a avaliações on-line para tomar decisões de compra

Coordenador de digital business da FGV afirma que comentários em ambientes digitais são a segunda fonte mais confiável de informações sobre produtos.
Leia Mais