Notícias


Publicado em:
10
12/2018

Revestimento para piscina: qual utilizar?

Dos mais requintados aos mais simples, os revestimentos estão disponíveis para todos os gostos e bolsos.



Metatags: Expolazer & Outdoor Living, Piscinas, Revestimentos, Azulejos, Pastilhas, Cerâmicas, Vinílicos, Pedras
Pixabay

São muitas as opções de revestimentos para piscinas, entre elas os tradicionais azulejos, pastilhas de vidro, cerâmicos, vinílicos e pedras. O profissional responsável pela obra deve estar atento às especificações dos fabricantes, assim como à forma de execução e aos materiais de fixação, assentamento e rejuntamento.

Azulejos: Com certeza o revestimento mais vendido para piscinas, eles possuem máxima impermeabilização e opções variadas para desenhos e gravuras, além de permitirem a montagem de mosaicos.

São relativamente baratos em comparação aos outros revestimentos e sua aplicação em piscinas é simples e idêntica a dos banheiros, por exemplo. No caso de contratação de mão de obra especializada, o custo fica também mais em conta. A dica é checar a cor do azulejo antes da instalação, pois ela irá interferir na cor da água.

Pastilhas de vidro: Mais um produto que permite a criação de mosaicos personalizados e tem boa durabilidade. Também muito comuns no revestimento para piscinas, as pastilhas de vidro são um pouco mais caras que os azulejos e a instalação mais demorada. Acompanhe de perto a colocação das pastilhas, pois as peças por serem pequenas, podem se soltar se não estiverem fixadas corretamente com argamassa e rejunte específico para esse fim.

Cerâmicas especiais para piscinas: Quem optar pelas cerâmicas terá uma grande variedade de tipos. Elas podem ser esmaltadas ou de aspecto fosco, além de resistirem melhor aos raios UV e à própria água clorificada da piscina. Esses materiais são a primeira opção para piscinas públicas, de academias ou com grande movimentação de usuários. Tanto o rejunto quanto a argamassa usadas na colocação das peças podem ser encontrados com função antibacteriana, o que dificulta o crescimento de germes, fungos e mantém a aparência da piscina mais higiênica.

Vinílicos: Cada vez mais utilizados na construção civil, os vinílicos também são úteis para as piscinas prontas. A boa notícia é seu uso como revestimento para piscinas de alvenaria também. Nesse caso, a piscina é construída e o vinil é aplicado depois, diretamente sobre o concreto. O resultado é uma piscina com aspecto mais uniforme e relativamente mais barata. Outra vantagem é o fato do vinil dispensar o uso do rejunte e sua limpeza ser mais simples e prática.

Pedras: Bem menos comuns do que os revestimentos já citados, as pedras também são uma opção para as piscinas. Com aparência rústica e durabilidade alta, é possível revestir a piscina com pedras vulcânicas, por exemplo. Na hora de escolher, opte pelas que possuem superfície lisa.

Leia também: http://www.expolazer.com.br/noticias_detalhe.asp?noticia_id=39763

Fonte: Primeira Página


Últimas notícias

Indústria 4.0: cibersegurança é fundamental

O alerta vem da Abinc, que salienta a importância da segurança na tecnologia do parque operacional.
Leia Mais

Serasa Experian dá dicas para os consumidores realizarem compras onlines

Especialista em Certificação Digital aponta os principais pontos que os internautas devem se atentar para não caírem em fraudes.
Leia Mais

Especialista alerta sobre o perigo dos gestores tóxicos

Susana Falchi, da HSD Consultoria em RH, aborda o problema das gestões negativas que resultam em processos de assédio moral.
Leia Mais