Feira

O que são as multipropriedades e qual a relação com os parques aquáticos?

Vice-presidente do SECOVI-SP explicou, em palestra no Fórum Brasileiro da Indústria de Piscinas e Spas, que parques aquáticos ancoram os empreendimentos e movimentam o setor de piscinas no Brasil.

A multipropriedade é um instrumento jurídico, por meio do qual uma unidade imobiliária (casa, apartamento) é dividida em frações ideais e vendida a diferentes compradores. Cada proprietário possui um período pré-estabelecido para o uso.

Esse tipo de produto depende do sucesso do destino em si e das possíveis atrações que o ancoram, entre elas, os parques aquáticos. Segundo Caio Sergio Calfat Jacob, diretor da Caio Calfat Real Estate Consulting e vice-presidente de assuntos turísticos imobiliários do SECOVI-SP, o mercado de multipropriedades alcançou em 2019 a marca de 92 empreendimentos no Brasil, 15% a mais do que em 2018.

Durante sua apresentação no segundo dia do 4º Fórum Brasileiro da Indústria de Piscinas e Spas, Caio mencionou que esse sucesso é atrelado ao crescimento do número de parques aquáticos espalhados pelo Brasil.

Entre os exemplos de sucesso, Caio citou Caldas Novas, com 1,4 milhão de visitantes em 2018, e Olímpia, com 1,9 milhão.

 

Fonte: Primeira Página

Redes Sociais