Inspirações

Sem relaxo: 4 dicas para o polimento da piscina de fibra

Não é apenas uma questão estética. A opacidade e o embranquecimento da piscina revelam o desgaste da fibra de vidro, comprometendo o material, que pode vir a rachar.

 

Quem tem sabe: com o tempo, a piscina de fibra tende a ficar esbranquiçada e opaca, seja pela ação do sol ou pela atuação de agentes químicos, como o cloro e os algicidas de choque. O material também pode amarelar em função do contato com objetos metálicos.

O polimento da fibra da piscina é similar ao realizado na pintura dos carros. Ou seja, pode ser feito diversas vezes para deixar a cor mais viva e conservar a pintura. Vamos lá!

  1. Limpe as bordas

Para prevenir o desgaste da piscina, faça o polimento preventivamente a cada quatro meses. Comece esvaziando a piscina em cerca de 40 centímetros. Depois, limpe as bordas com um produto próprio para isso, utilizando uma esponja macia para a aplicação.

Você vai precisar de dois baldes: em um deles, deve dissolver o produto para aplicá-lo de forma homogênea em toda a borda da piscina. Já no outro, deve deixar água limpa para higienizar a esponja. 

Importante: se você utilizar a própria água da piscina para enxaguar a esponja, devolverá para a borda a água e a quantidade de produtos químicos que a deixaram desbotada. 

  1. Aplique massa de polir e cera

Após a limpeza das bordas, aplique uma demão de massa de polir. Espere secar e coloque uma camada de cera para a mesma função. Aguarde secar novamente e, então, faça o polimento com uma lixadeira específica para fibra de vidro. Para uma manutenção mais rápida e eficiente, lembre-se: uma vez por mês, deve-se usar a cera nas bordas, pois estão mais suscetíveis ao contato com o sol.

  1. Renove a pintura

Mesmo com o polimento em dia, a piscina ainda pode apresentar desbotamento. Nessa hora, é necessário renovar a pintura. Essa parte deve ser feita por uma empresa especializada, que esvaziará a piscina e a lixará. Depois, fará um polimento e a aplicação de esmalte à base d’água antes da nova pintura com tinta especial para piscinas (náutica ou epóxi).

  1. Escolha o melhor dia

Ao renovar a pintura da piscina, escolha uma época do ano em que o clima esteja favorável: seco e sem vento. Isso porque a chuva ou o vento forte inviabilizam a pintura. 

Durante a obra, proteja o entorno da piscina que não será pintado. Use lonas, jornais presos com fita crepe ou outros materiais para proteger o deck e evitar que sujem com a tinta da piscina.

 

Leia também: 7 dicas para se proteger de micoses nas piscinas públicas

 

Leia também: 4 motivos para ter um aquecedor a gás

 

Fonte: Primeira Página

Redes Sociais