Inspirações

Dicas valiosas para manter a piscina inflável infantil em bom estado

As piscinas infláveis são fáceis de montar, desmontar e guardar. Mas alguns cuidados devem ser tomados. Confira um a um!

 

Se você não tem uma piscina em casa ou no condomínio, a dica é apostar em uma solução caseira: a piscina inflável. Essa alternativa é ideal para as famílias que não podem gastar tempo, espaço e dinheiro. Além de garantir a alegria de todos, as piscinas infláveis são fáceis de montar, desmontar e guardar, sem falar que podem ser usadas em diversos lugares e em várias ocasiões.

Mas onde colocar?

A portabilidade é uma das principais vantagens das piscinas infláveis. No entanto, isso não quer dizer que elas podem ficar em qualquer lugar. Antes mesmo de comprar a piscina, analise a área que você tem disponível.

Piscinas de bebês, de mais ou menos 100 L, podem ser montadas facilmente na sala, no quarto ou na varanda. As com mais de 1.000 L precisam de mais espaço, como um jardim ou uma garagem, sempre lembrando que é preciso deixar um espaço para que as pessoas possam circular em volta.

Além disso, é preciso verificar o tipo de solo sobre o qual a piscina ficará. Locais com pedras ou areia são danosos para a estrutura, enquanto grama ou cimento são muito mais adequados para a montagem.

E os cuidados?

  • As piscinas plásticas estão sujeitas a rasgos e furos e, do jeito que as crianças brincam, isso pode mesmo acontecer. Para minimizar esse risco, adquira apenas produtos aprovados pelo Inmetro (Instituto de Metrologia) e informe-se sobre a garantia.
  • Se a piscina for muito grande, o ideal é que você conserve a água até a próxima brincadeira, evitando o desperdício. Invista em uma lona de proteção quando o item não estiver sendo usado, pois ela evitará a sujeira e acidentes com crianças e animais de estimação.
  • Para tratar a água, após a brincadeira adicione 15 ml de cloro ou 60 ml de água sanitária para cada mil litros de água. Se os pequenos estiverem usando a piscina com frequência, faça esse procedimento diariamente, de preferência à noite, pois a piscina precisará ficar interditada por 10 horas.
  • Além desses cuidados, semanalmente limpe as paredes e as bordas da piscina. A limpeza correta impede que a água fique turva, acaba com odores desagradáveis e evita a transmissão de doenças de pele;

 

Leia também: Sem relaxo: 4 dicas para o polimento da piscina de fibra

 

Leia também: 5 motivos para praticar natação

 

Fonte: Primeira Página

Redes Sociais