Inspirações

Tempestades de Verão: Cuidados com o envidraçamento nas áreas de lazer!

Especialista dá dicas para evitar acidentes e garantir a durabilidade do produto.

 

O envidraçamento de sacadas, varandas e demais áreas de lazer se tornou uma peça chave na elaboração de projetos, pois permite a entrada de luz e ajuda a deixar o ambiente aquecido em dias mais frios, além de abafar o barulho externo.

Apesar da sofisticação que essas áreas trazem ao ambiente, é preciso tomar alguns cuidados para evitar acidentes, principalmente, durante o verão, por causa das fortes chuvas e ventos. 

O especialista em vidros e CEO da Casa Mansur, Claudio Mansur, explica que é justamente no período de chuvas que as pessoas lembram do envidraçamento, portanto pedir uma revisão antes deste período é fundamental.

“Nela, aspectos como estado das vedações, silicones e roldanas deverão ter a atenção redobrada, pois em algumas tempestades o sistema será testado em sua plenitude”, explica.

Outro ponto que merece destaque em episódios de tempestades são as fechaduras, pois quando estão localizadas na parte inferior e entre as folhas de vidro, ambas devem ser fechadas, caso contrário, o vento pode empurrar as duas extremidades do vidro, fazendo com que a fechadura rompa ou, até mesmo, o vidro quebre. 

Mansur também recomenda atenção para aqueles apartamentos que integraram a sala e a varanda sem qualquer caixilho para divisão, pois quando a família sair de viagem por períodos prolongados durante o verão, ela deverá preparar sua sala para essas chuvas, pois alguns sistemas podem permitir uma entrada de água considerável.

“Infelizmente nem todos os sistemas têm a estanqueidade adequada, portanto o cliente deve se prevenir, retirando vasos próximos aos vidros, tapetes no chão ou qualquer outro objeto que possa estragar com a água”, comenta Mansur.

Para garantir a vida útil do produto alguns cuidados básicos no dia a dia também devem ser tomados como: manter os trilhos limpos e utilizar sabão neutro com água na limpeza dos vidros.

Mansur reforça que entre os cuidados essenciais está o manuseio correto, o especialista explica que é preciso cobrar das empresas fornecedoras um treinamento básico sobre o funcionamento do sistema, para que possa ser manuseado sem sobrecarregar peças fundamentais para o desempenho.

 

Leia também: Passo a passo para a limpeza ideal da sua hidromassagem

 

Leia também: 4 passos para economizar no cloro da piscina

 

Fonte: Primeira Página

 

Redes Sociais