Mercado

Mercado mundial de academias soma 183 milhões de clientes

Conforme estudo, Brasil é o segundo no ranking em número de unidades, atrás apenas dos Estados Unidos.

 

De acordo com o estudo IHRSA 2019 Global Report, em 2018, a indústria mundial do bem-estar foi responsável por uma receita de US$ 94 bilhões. Tais cifras impressionam tanto quanto os números deste mercado que não param de crescer, sobretudo, nas Américas e Europa.

O braço mais forte dessa indústria é o mercado de academias. No mundo, há mais de 210 mil unidades, que recebem cerca de 183 milhões de clientes. De acordo com o estudo, o Brasil é o segundo País em número de academias (34.509) – atrás apenas dos Estados Unidos (39.570).

Em relação à taxa de penetração de adesão, nosso País soma 4,62%, contra 20,8% da Terra do Tio Sam. São 9,6 milhões de clientes brasileiros, ante 62 milhões de americanos.

Ainda conforme o Estudo da IHRSA, entre as regiões, a América do Norte é a primeira em tamanho e escopo, com uma receita de mais de US$ 35 bilhões, 46 mil academias e 68,6 milhões de amantes da vida saudável.

Na sequência, vem Europa, Ásia-Pacífico, América Latina, Oriente Médio e Norte da África e África do Sul. A América Latina, quarta do ranking e da qual o Brasil faz parte, apresenta receita de US$ 5,8 bilhões – mais de 68 mil academias e 21,6 milhões de clientes.

 

Leia também: Prefeitura de São Paulo promove oficinas gratuitas para empreendedores

 

Leia também: São Paulo lidera o ranking dos estados que incentivam o microempreendedor

 

Fonte: Primeira Página

Redes Sociais